06/02/2020 às 08h23min - Atualizada em 06/02/2020 às 08h23min

​O CENTRÃO DE CIRO, HUCK E DORIA EM AÇÃO

RODRIGO MAIA ATIRA À ESQUERDA E À DIREITA


Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia (DEM-RJ), Presidente da Câmara dos Deputados filho de César Epitácio Maia, defende a formação de aliança entre Ciro Gomes (PDT), Luciano Huck (Cidadania) e João Doria (PSDB), nomes que ele considera de "centro", para a eleição presidencial de 2022.

"Eu acho que o melhor nome do centro é a unificação do centro. Esse é o melhor nome”, disse ele. “Se ninguém tiver capacidade de unificar o centro, significa que o centro estará fora do segundo turno. Isso serve pro Doria, pro Luciano Huck, pro Ciro Gomes, serve para todos que estão nesse campo aqui de centro-esquerda até centro-direita, no meu ponto de vista. Se não unificar isso aqui, vai dar certamente Bolsonaro de um lado e o candidato do Lula do outro", disse ele, em entrevista à Globonews, para espanto geral do seu eleitorado de direita herdado do pai.

Rodrigo Maia traz no sangue paterno o deslocamento da esquerda para a direita no espectro político. E ele mesmo confessa: "Minha primeira filiação partidária foi no PDT. Eu tinha uma foto do ex-governador Brizola no meu... Depois eu caminhei mais para a direita”.

Ele naturalmente não quer perder as benesses de representar o Centrão Parlamentar, a maioria que o elege e reelege e que de certa forma nem sabe direito o que é esquerda ou direita. (“Eu quero o meu!”). Mas para que isso não deixe de acontecer é preciso derrotar principalmente a esquerda – já que com a direita de Bolsonaro ele até que está se entendendo muito bem. Rodrigo Maia quer se eternizar como o Primeiro-ministro do Centrão.

Leia também no Brasil247

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »