06/11/2019 às 09h15min - Atualizada em 06/11/2019 às 09h15min

ASTRÓLOGO EM BAIXO ASTRAL?

GENERAL NÃO RECONHECE OLAVO

 
O general Augusto Heleno deu entrevista bastante hábil ao Estadão. Tudo por causa da frase do Filho Eduardo, que, em entrevista, deu um certo “boas vindas” a um retorno do AI-5.
No dia da idiotice do Filho, ao comentar a declaração idiota, em vez de condená-lo veementemente, o general simplesmente afirmou que 'tem de estudar como vai fazer, como vai conduzir'. Um absurdo de resposta!!! Principalmente dita por um general-de-exército da reserva do Exército Brasileiro, que já foi comandante militar da Amazônia, Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia e, atualmente, é ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, chegou a dizer que Heleno virou auxiliar do radicalismo de Olavo de Carvalho, o astrólogo de Virgínia (EUA), que fez a cabeça de Bolsonaro, Filhos e Seguidores. Rodrigo Maia ainda apoiou a sua convocação para depor no plenário da Casa e explicar as declarações sobre o AI-5.
Pressionado pelo Congresso e por todos que defendem a democracia, o general disse ao Estadão que jamais pensou em resgatar esse ato da ditadura militar. Mas também preferiu não entrar em polêmicas com seus “chefes”. Não comentou as falas de Eduardo Bolsonaro, mas aproveitou para defender a democracia, o Congresso e a Constituição. Mandou, inclusive, mensagem de WhatsApp para Maia, depois que o deputado o acusou de ser “auxiliar do radicalismo”. Por seu lado, Maia, procurando demonstrar certa superioridade, primeiro declarou: “Não li”. Logo depois disse: “Li agora”.

Augusto Heleno chegou a declarar que tem “um ótimo relacionamento com o deputado Rodrigo Maia”. Disse ainda: “Não sei quem colocou na cabeça dele que sofro algum tipo de influência do sr. Olavo de Carvalho. Isso não é verdade, de jeito nenhum. Falei com esse sr. pouquíssimas vezes, uma delas num jantar em Washington, e acho que se eu o encontrar por aí nem vou reconhecer. Além disso, sempre fui independente e muito cioso das minhas convicções”. Disse ainda que foi “surpreendido com a distorção” sobre o que pensa do AI-5.

É bom mesmo não reconhecer, general. O país jamais vai esquecer do mal que tanto o AI-5 quanto esse astrólogo representam.
 
Leia a entrevista completa aqui:

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »