08/09/2022 às 12h19min - Atualizada em 08/09/2022 às 12h19min

O IDEÓLOGO DE BOLSONARO VAI SE ENTREGAR.

BOLSONARO VAI SEGUIR O EXEMPLO?



 
Todos lembram do Steve Bannon, certo? É aquele que trabalhou para Trump e depois recebeu seu perdão em um caso de fraude eleitoral.
Se você não sabe, esse mesmo Bannon teria contribuído nas estratégias dos Bolsonaros.
Ele foi um dos principais estrategistas Donald Trump e arquiteto de sua bem-sucedida eleição à Casa Branca em 2016, deve se entregar nesta quinta-feira às autoridades de Nova York para enfrentar acusações estaduais em um novo indiciamento.
 
As acusações ocorrem mais de um ano e meio depois que Trump perdoou Bannon nas horas finais de seu mandato na Presidência, livrando-o de um caso de fraude federal.
Bannon, de 68 anos, e três outros homens foram acusados em agosto de 2020 de fraudar doadores em uma campanha privada de arrecadação de 25 milhões de dólares, conhecida como "We Build the Wall", para ajudar a construir o muro que Trump queria construir ao longo da fronteira entre EUA e México.
Bannon se declarou inocente da acusação federal, inclusive de alegações que desviou cerca de 1 milhão dólares para despesas pessoais. Mas sua acusação foi arquivada depois que Trump o perdoou.
 
A nova acusação contra Bannon está sendo emitida pelo promotor público de Manhattan, Alvin Bragg.
O caso pode espelhar partes do caso federal sobre o muro, embora não esteja claro porque a acusação ainda não foi aberta, disse uma pessoa familiarizada com o assunto.
Os perdões presidenciais cobrem acusações federais e não proíbem processos estaduais.
Bannon deve comparecer a um tribunal estadual de Nova York em Manhattan nesta quinta-feira, 8.
Ele está sendo acusado menos de dois meses depois de ser condenado por desacato ao Congresso por desafiar uma intimação de um comitê da Câmara dos Deputados que investiga o ataque de 6 de janeiro de 2021 ao Capitólio dos EUA.
 
É um cidadão exemplar. Que continue sendo...
 
Leia também no Brasil247.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »