27/06/2022 às 08h45min - Atualizada em 27/06/2022 às 08h45min

“RESPEITAMOS AS ELEIÇÕES”

É O RECADO DOS MILITARES


 

Lula faz de conta que não conversa com os militares, mas conversa, sim – através de interlocutores...
E, através desses interlocutores, o recado mais recente dado foi: “vamos respeitar o resultado das eleições, esqueça da gente”.
Isso é tudo que o país mais deseja. Os militares, de fato, são instrumento de paz e assim devem permanecer.
 
Eles também afirmaram que há “grande incômodo” entre parte dos militares sobre a atuação do Ministério da Defesa nos questionamentos que envolvem o processo eleitoral, em sintonia com Bolsonaro.
A avaliação feita por membros das Forças Armadas é de que as citações de Lula diretas aos militares "não trazem benefício a nenhum dos lados" e que o ideal seria que ele ficasse longe de polêmicas.
 
Lula disse, na semana passada, em um evento em Aracaju, que fica “triste” com a relação entre Bolsonaro e as Forças Armadas. "Eu fico triste, senador Jacques Wagner, você foi ministro da Defesa. Fico triste quando vejo as Forças Armadas batendo continência para um cara que foi expulso do Exército brasileiro por mau comportamento. Não é possível", afirmou.
 
Realmente, não é possível. Nem para as Forças Armadas nem para o povo brasileiro.

Leia também no Globo e no Brasil247.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »