19/06/2019 às 08h44min - Atualizada em 19/06/2019 às 08h44min

​BOLÍVIA VAI TRANFORMAR BOLSONARO EM PÓ



Começou pela Espanha, mas agora surge a Bolívia como mais uma plataforma irregular da campanha eleitoral de Bolsonaro através de disparos ilegais de WhatsApp.
O engenheiro boliviano Nicolás Hinojosa, 32, afirma em vídeo postado no YouTube, que seu software de envio de mensagens em massa por WhatsApp foi usado por apoiadores do então candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) no ano passado e que, por esse motivo, seu número foi bloqueado pelo aplicativo.
 "Lamentavelmente, na semana passada, bloquearam meu número de WhatsApp por causa do que aconteceu no Brasil. As pessoas que fizeram campanha para o candidato Bolsonaro usaram meu software, mas nem sequer compraram as licenças, usaram a versão demo”, diz Hinojosa no vídeo de 5 minutos e 25 segundos, postado em 31 de outubro de 2018. Veja.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »