21/11/2020 às 07h44min - Atualizada em 21/11/2020 às 07h44min

CARREFOUR PEDE DESCULPA.

MAS BOLSONARO JOGA O PAÍS NO LIXO.


Bolsonaro simplesmente ignorou a morte de Beto Freitas, aquele cidadão brasileiro que foi espancado até morrer por dois seguranças do supermercado Carrefour. Disse o presidente do nosso país, acusando o morto, que lugar de quem prega discórdia 'é no lixo'. Disse também que o país é uma única família e que quem instiga desavença, "fabricando e promovendo conflitos", atenta contra a nação. Escreveu que "não podemos nos deixar ser manipulados por grupo políticos; como homem e como presidente, sou daltônico: todos têm a mesma cor. Não existe uma cor de pele melhor do que as outras. Existem homens bons e homens maus. São nossas escolhas e valores que fazem a diferença." Só faltou dizer: “O culpado foi o morto!”.
 
Já o executivo global do Carrefour, o francês Alexandre Bompard, praticamente deu um tapa na cara de Bolsonaro, declarando na tarde dessa sexta-feira, 20, que a empresa "não compactua com racismo e violência". Disse também que pediu ao Grupo Carrefour Brasil que faça uma "revisão completa das ações de treinamento dos colaboradores e de terceiros". Publicou uma série de mensagens no Twitter e classificou como "insuportáveis" as imagens que mostram João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos, sendo espancado até a morte por dois seguranças brancos do Carrefour. Postou: “Em primeiro lugar, gostaria de expressar meus profundos sentimentos, após a morte do senhor João Alberto Silveira Freitas. As imagens postadas nas redes sociais são insuportáveis”.

De acordo com Bompard, medidas internas foram imediatamente tomadas pelo Grupo Carrefour Brasil, principalmente em relação à empresa de segurança terceirizada, mas essas medidas, na visão do executivo, são insuficientes – o que é verdade. Para compensar um pouco mais, senhor Bompard, ajude o Brasil a lançar o presidente e o vice que temos para o lixo da história. (É verdade que são capazes de fazer isso sozinhos, mas não custa nada dar uma mãozinha...)


 
Leia também no Brasil247 e na Folha.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »