05/11/2020 às 09h16min - Atualizada em 05/11/2020 às 09h16min

​OS EUA NÃO FIZERAM UMA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL

DERAM UM VEXAME MONUMENTAL

 
Existe algo mais vexaminoso do que essa eleição americana? Não acaba nunca. Ninguém sabe contar os votos. É um tal de conta-reconta que merece nota zero. Cada local segue uma cartilha diferente. Cada mente... Nem vale a pena classificar. São 9:23h do dia 5 de novembro, uma quinta-feira, céu meio nublado no Rio de Janeiro, e continua essa tempestade sobre Washington. Prefiro rever o filme de Otto Preminger com Henry Fonda. E o pior é que todo mundo já sabe que Joe Biden é o vitorioso e deverá assumir como o 46º presidente dos Estados Unidos da América. Pior ainda é a cobertura de alguns veículos americanos, uma trapalhada só, cada um chutando uma contagem diferente e fazendo previsões sem sentido. E quem é que ainda aguenta ver as caras e os trejeitos de Trump? Só mesmo sendo Bolsonaro para aguentar. É verdade que a cara de Joe Biden não ajuda muito e talvez a gente ainda acabe tendo saudades do atual presidente. Meu Deus, pensar que um dia seria capaz de escrever uma atrocidade como essa! Acho melhor me dedicar às nuvens negras que tentam se espalhar atrás das árvores, lá no alto do morro (quase escrevo “moro”... toc! toc! toc! pé de mato, mangalô, três vezes!), ganhando força e me obrigando a pensar em outra coisa.
 
Ainda bem que tem aniversário aqui na redação...
 
HG
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »