29/10/2020 às 10h49min - Atualizada em 29/10/2020 às 10h49min

​BOLSONARO REPETE TRUMP:

CORONAVÍRUS É ARMA CHINESA...

 
Onde será que o eleitor brasileiro foi arranjar essa cópia perfeita de Trump? Qual lata de lixo ideológico é essa? Bolsonaro, como Trump, agora diz que o coronavírus (Covid-19) pode ser vírus da “guerra nuclear bacteriológica”. Pode isso? E por qual motivo não aproveitou para também acusar a China? Medrou?
 
Foi na noite desta quarta-feira, 28, que ele falou essa asneira, brilhantemente – e absurdamente – inventada por Trump. Ele disse que a pandemia do coronavírus pode ser consequência de uma "guerra nuclear bacteriológica" entre os países. E que a Covid-19 pode ter "escapado" de um laboratório. Provavelmente “a perseguição chinesa” foi tão intensa que o pobre do vírus nadou até o continente americano...
 
Um de seus “apoiadores” teria questionado Bolsonaro, na noite dessa quarta-feira (28), à saída do Palácio do Alvorada, se a pandemia seria algo criado estrategicamente para "derrubar" a economia dos países. "Eu não posso falar isso", respondeu Bolsonaro. "Os países se preparam para a guerra. Até com bombas, né. Aí tem a guerra nuclear bacteriológica. Pessoal mexe com vírus de laboratório. Pode ter escapado isso aí", acrescentou.
Depois o apoiador Bolsonaro questionou sobre o conceito de "ordem mundial". E lá veio a resposta poderosa: "Isso existe, lógico. Eu não quero entrar em detalhes, se não tivesse ninguém gravando aqui eu falaria mais coisas, mas como está gravando eu vou evitar falar", afirmou, em tom irônico. A equipe do D&& adoraria que Bolsonaro falasse desses detalhes, com a garantia de que não gravaria nada – e aqui ninguém está fazendo figa...
 
Bolsonaro é uma reprodução de Trump, abaixo da linha do equador. Assim como ele, tenta ideologizar a pandemia. O presidente americano chegou ao ponto de acusar a  China de criar o vírus da Covid-19, de maneira proposital, no laboratório do Instituto de Virologia, na cidade chinesa de Wuhan, com o objetivo único de derrubar as economias de outros países – o que faz a gente pensar que Trump é o próprio coronavírus...
 
No dia 21 de abril, a OMS (Organização Mundial da Saúde) negou que o coronavírus tenha saído de um laboratório. Teve que fazer isso, posicionando-se claramente, após os Estados Unidos anunciarem uma investigação sobre como o vírus se espalhou pelo mundo.
 
Atualmente, os EUA ocupam o primeiro lugar no ranking global de casos da Covid-19, com 9,1 milhões de infectados. Depois vêm a Índia (8,0 milhões) e o Brasil (5,4 milhões). A China, onde começou o surto, tem 85 mil casos (54ª posição!!!).
Em número de mortes, os EUA também estão na primeira colocação (233 mil). Em seguida vem o Brasil (158 mil). Mas o governo chinês contabilizou apenas 4,6 mil óbitos provocados pela pandemia. Só mesmo o Brasil de Bolsonaro insiste em seguir de perto os Estados Unidos de Trump. É o sintoma mais evidente de contaminação...
 
Leia também no Brasil247.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »