13/04/2020 às 14h51min - Atualizada em 13/04/2020 às 14h51min

CONVITE À CONSCIÊNCIA

MÉDICO REAGE ÀS MANIFESTAÇÕES CONTRA ISOLAMENTO

LINK DO VÍDEO

Há quase um mês, no dia 17 de março, os ministros da Justiça, Sergio Moro, e da Saúde, Luiz Henrique Mandeta, assinaram uma portaria com determinações sobre a obrigatoriedade de cumprimento pela  população das medidas para o controle da pandemia do coronavírus. A portaria prevê até prisão para os pacientes que não cumprem o isolamento e podem até ser presos. Mas como saber se as pessoas estão contaminadas, se o Brasil já é o 14º no mundo em número de contaminados e o que faz menos teste entre os 15 países mais antingidos? Pelos últimos números divulgados nesse domingo, dia 12 de abril, já são 1.223 mortes e 22.169 casos confirmados de coronavírus.
Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro intensificou uma polêmica campanha pelo relaxamento do isolamento social e pela abertura do comércio. O resultado, está nas ruas das principais cidades brasileiras com o crescente número de pessoas que insistem em negar até a pandemia do coronavírus. Nesse fim de semana, manifestantes fizeram carreatas pelo fim da quarentena.Na avenida Paulista, partidários do presidente Bolsonaro ameaçaram até de morte o governador de São Paulo, João Doria. No domingo, uma cena chocou o Brasil e repercutiu no mundo. Manifestantes carregando um caixão dançaram debochando da pandemia. O que fazer com essas pessoas? O governador João Doria anunciou, nessa segunda-feira, que a taxa de isolamento em São Paulo chegou a 59%, mas o índice ideal é de 70%.
Um médico de Brasília, Pedro Berger, chamou de “perversos” quem é contra isolamento e fez um convite à razão aos irresponsáveis. Pelo Twitter, ele escreveu:
 
Pedro Berger também propôs que se os manifestantes estão tão convictos que o coronavírus não é perigoso, deviam assinar um termo recusando a intubação e, assim, cederiam vagas de UTI para os outros. E concluiu: “Se todos que estão contra o distanciamento social fizerem isso, não haverá mais necessidade de quarentena. Quem tem coragem?”
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »