21/03/2020 às 08h27min - Atualizada em 21/03/2020 às 08h27min

FILHO DE BOLSONARO ATACOU A CHINA.

MAS O NORDESTE PEDE AJUDA À CHINA.


O ataque do Filho de Bolsonaro à China é um absurdo. Mas é muito mais do que isso, é uma vergonha que atinge todo o nosso país. Como é que você vai sair mundo afora e dizer que é do Brasil? Que é do mesmo país onde o Filho do Presidente (que também é escrivão da PF, advogado e Deputado Federal eleito com 1.843.735 votos) tomou a tresloucada decisão de acusar a China de espalhar o coronavírus pelo mundo? Como conviver com algo assim? É verdade que ele cresceu vendo o pai disparando taoqueis em todas as direções. Mas já está bem grandinho e poderia no mínimo ficar de boca fechada.
 
A coisa é de uma estupidez em todos os sentidos. Mas ganha ainda maior “grandeza” pelo momento em que o nosso país procura exatamente fortalecer os laços de amizade e comerciais com o país que detém... a 2ª maior economia do mundo! Os governadores do Nordeste, por exemplo, estão pedindo ajuda à China – e sabe para quê? Para combater o coronavírus!
 
A carta foi assinada pelo governador Rui Costa (PT), representando o Consórcio Nordeste, e foi endereçada ao embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming – o mesmo que bateu forte em resposta ao Filho.
O Consórcio Nordeste pediu ajuda com envio de materiais médicos, de insumos e de equipamentos que possam "nos ajudar a combater o flagelo que estamos enfrentando" (referência apenas ao flagelo do coronavírus...). Rui Costa destaca a necessidade de leitos de UTI e de respiradores, "pois as projeções de enfermos indicam que haverá um déficit deste equipamento no momento do pico da epidemia”.
E conclui: "Desde já, reafirmamos nossa admiração pela forma como o povo chinês enfrentou a epidemia e pela imensa amizade que une os nossos povos".

Uma cópia dessa carta deveria ser colada no espelho da residência do Filho do Presidente.

Leia também em Metro1, BahiaNotícias e Conversa Afiada
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »