14/01/2024 às 11h55min - Atualizada em 14/01/2024 às 11h55min

100 DIAS DE GENOCÍDIO EM GAZA.

100 PALESTINOS ASSASSINADOS EM 24 HORAS...

Faixa de Gaza. Foto: Mohammed Al-Masri / Reuters

Faixa de Gaza. Foto: Mohammed Al-Masri / Reuters


O genocídio promovido por Israel na Palestina chegou aos 100 dias com mais de 100 assassinatos comandados violentamente pela administração israelense de Benjamin Netanyahu. Mais de 100 palestinos foram relatados como mortos nas últimas 24 horas, com um ataque de míssil a um edifício residencial em Rafah, acrescentando-se à devastação, segundo relata a Al Jazeera.
 
Um vídeo lendo o caso de genocídio contra Israel foi divulgado por um grupo de celebridades, predominantemente americanas e britânicas, incluindo estrelas do programa bem popular “Game of Thrones” . O caso, apresentado pela África do Sul na Corte Internacional de Justiça (CIJ), procura aumentar a conscientização sobre a situação dos palestinos.
Numa demonstração de solidariedade, os rebeldes Houthi do Iêmen lançaram uma campanha marítima contra navios comerciais no Mar Vermelho, declarando apoio aos palestinos sob cerco israelense. O conflito se intensificou a ponto de crescerem preocupações sobre seu impacto no Oriente Médio.
 
O Hezbollah, baseado no Líbano, divulgou um vídeo mostrando um ataque a soldados israelenses perto da fronteira, realizado em resposta ao assassinato de um comandante sênior do Hezbollah por Israel.
 
Protestos contra a guerra se espalharam por todo o planeta, com uma das maiores manifestações pró-palestinas na capital dos EUA, tentando convencer Joe Biden a interromper o apoio militar a Israel. Enquanto isso, em Tel Aviv, uma manifestação de 24 horas marca 100 dias desde o início do conflito, com apelos à unidade em meio à crescente insatisfação com o a condução da situação feita pelo governo.
 
À medida que as incursões ao amanhecer continuam na Cisjordânia, foram feitas detenções, adicionando complexidade à situação. O impacto da guerra é avassalador, com milhares de vidas perdidas, danos extensos à infraestrutura e uma crise humanitária desastrosa em desenvolvimento.
 
Não tem graça viver assim. Não tem nada que resista a tanta desumanidade...
 
Leia também no Brasil247.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »