06/07/2019 às 14h38min - Atualizada em 06/07/2019 às 14h38min

​BOLSONARO AVALIA QUE A LAVA JATO ESTÁ AJUDANDO A PROMOVER MORO OU É APENAS TÁTICA DO DESESPERO? ONDE ENTRA RODRIGO MAIA?


O governo Bolsonaro começou a vazar a informação de que Moro, o juiz da Vaza Jato, é menos importante do que Moro, o juiz da Lava Jato. Fez isso vazando que Moro (da Lava Jato) poderá ser o vice de Bolsonaro na chapa presidencial de 2022.
Nessa jogada, está simplesmente a tentativa de esvaziar, reduzir o impacto das denúncias distribuídas por The Intercept. Na verdade, as denúncias fizeram um grande estrago na imagem do “são moro”, um santo do pau oco. Mas ainda não conseguiram jogá-lo inteiramente na lona – é preciso revelar tudo, tudo mesmo. É preciso que a justiça, a Suprema Justiça, aponte o dedo na sua direção e declare: culpado! Assim como eu, como aquele repórter global perdido no noticiário, como o motorista de táxi que até votou no “bolso”, como a pedinte no meio da chuva, como as formigas do Planalto, todos nós sabemos que ele é culpado – mas ainda não parece ser o suficiente para fazer soar o apito de expulsão dessa disputa política.
Bolsonaro e Moro conhecem em detalhes toda a verdade, e sabem que pode dar chabu. Sabem que as revelações de The Intercept podem interceptar de vez as suas ambições. Procuram táticas dispersivas. Procuram demonstrar uma segurança que já não é a mesma, perdeu muita consistência.
Sem ter muito mais o que fazer, Moro vai empurrando a sua cara de pau pelos gramados do Planalto, pelas entrevistas bem montadas, pelas visitas ao ciaiei, pelas meandros da Justiça – tentando transformar tudo isso em um verdadeiro “balança, mas não cai”. Nesse afã pela sobrevivência, a chapa BolsoMoro não sabe o que fazer com o surgimento de uma proposta, digamos, de centro-direita que poderia se manifestar, por exemplo, através de um Rodrigo Maia.
Meu Deus, onde fostes arranjar tanta praga para lançar em nóis aqui?
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »