14/08/2021 às 15h46min - Atualizada em 14/08/2021 às 15h46min

BATEU DESESPERO ENTRE BOLSONARISTAS

O FILHO 03 FOI PEDIR HELP A BANNON


Steve Bannon, todos sabem, é figurinha repetida no meio político fascista. É um ideólogo da extrema direita mundial, estrategista de Donald Trump, que vem utilizando seu peso político para apoiar a campanha eleitoral de Bolsonaro. Bannon tem a sabedoria de declarar que a próxima eleição brasileira é a mais importante do mundo em razão do fator Lula: “Jair Bolsonaro irá enfrentar o esquerdista mais perigoso do mundo, Lula”.

Na última terça-feira, 10, Bannon encontrou Eduardo Bolsonaro, filho de Jair, em simpósio organizado por Mike Lindell, empresário trumpista e um dos principais responsáveis pela divulgação de teorias conspiratórias sobre a vitória de Joe Biden nos Estados Unidos, em 2020.
Eduardo foi convidado a subir ao palco e foi apresentado por Bannon como “o terceiro filho do Trump dos trópicos”. O deputado espalhou mentiras sobre as urnas eletrônicas e apresentou vídeos das motociatas de Bolsonaro.

Em seu discurso inicial, Bannon atacou Lula e afirmou que a eleição presidencial de 2022 no Brasil é “a mais importante de todos os tempos na América do Sul”.
“Mais ou menos 30 dias antes das grandes eleições intermediárias, Jair Bolsonaro irá enfrentar o esquerdista mais perigoso do mundo, Lula. Um criminoso e comunista apoiado por toda a mídia aqui nos EUA, toda a mídia de esquerda. Essa eleição é a segunda mais importante no mundo e a mais importante de todos os tempos na América do Sul. Bolsonaro vai ganhar, a não ser que seja roubado pelas, adivinhem só, as máquinas”, disse Bannon, conforme o Majority Report.

Mas a principal conclusão desse encontro de Bannon com o Filho Eduardo é que os fascistas estão desesperados diante do avanço de Lula em todas as pesquisas, em todos os milhares de cantos desse imenso Brasil. O desespero de Bannon e de seus discípulos fascistas é a alegria do povo brasileiro. Bannons e Bolsonaros Nunca Mais!

Leia também no Brasil247, MSN e no Daqui&Dali de 10/nov/2019. Veja também reportagem em The Majority Report.










 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »