14/07/2021 às 09h03min - Atualizada em 14/07/2021 às 09h03min

​PANDEMIA E RACISMO

JUVENTUDES NEGRAS NO ENSINO MÉDIO


Qual o impacto da pandemia e do racismo na trajetória das juventudes negras no ensino médio?


Há um ano e meio vemos a educação pública brasileira quase entrar em colapso pelo despreparo do Ministério da Educação montado para o desgoverno Jair Bolsonaro. Só não tivemos uma estagnação total no estudo de milhões de jovens da rede pública graças ao empenho sobre-humano dos profissionais da educação e dos partidos progressistas na luta por um ensino remoto de qualidade e com internet e aparelhos celulares e computadores pra geral.

O Instituto Unibanco e o Porvir criaram um infográfico para desenhar como as juventudes negras foram atingidas no último período, mostrando os altos índices de evasão e abandono escolar, em contra partida aos números que tangem a estudantes brancos e brancas.

As juventudes negras sofreram com mais força o impacto deste processo de desorganização educacional e irresponsabilidade social promovido pelo desgoverno nacional, inflamado pelo racismo estrutural brasileiro, parte prioritária do programa político de Jair Bolsonaro.

Precisamos colocar as juventudes negras no centro das discussões de educação e participação social nas políticas públicas nacionais, abrir espaço para que essas jovens e esses jovens ocupem as salas de aulas com incentivo real para um futuro de estudo e trabalho decente, ocupando os espaços de poder e decisão, com formação acadêmica e política, pois não haverá futuro igualitário e justo sem as juventudes negras ocupando as cadeiras das salas de aula, das universidades, dos ambientes de trabalho e espaços políticos.

Nádia Garcia - Dirigente Nacional da Juventude do PT

Veja mais aqui.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »